O Setor de Neurologia do Comportamento atende pessoas com alterações cognitivas, como dificuldade de memória e linguagem, de caráter progressivo. O maior volume de atendimento é para pessoas com demência, como a doença de Alzheimer, mas temos interesse em atender pessoas com dificuldade de memória ou outras alterações cognitivas no sentido de prevenção. Não temos como acompanhar pessoas com dificuldades causadas por doenças psiquiátricas, como depressão, ou como sequela de trauma de crânio.

Prof. Dr. Paulo Henrique Ferreira Bertolucci

paulo-henrique

Titulação:
Professor Titular Livre-Docente do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Universidade Federal de São Paulo
Chefe do Ambulatório de Neurologia do Comportamento

Formação
  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1978)
  • Mestrado em Medicina (1983), Doutorado (1986) e pós-doutorado pela Universidade de Londres (1990);
  • Livre-Docência pela Universidade Federal de São Paulo (2008).

E-mail: [email protected]
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0536597854124056

Prof. José Roberto Wajman

img

Titulação:
Professor Afiliado Doutor do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Universidade Federal de São Paulo

Formação
  • Graduação em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2003)
  • Especialização em Neuropsicologia (2008). Mestrado (2005) e Doutorado pela Universidade Federal de São Paulo (2012).

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4747167043331255

COLABORADORES:
Dra. Cléo Monteiro de França (musicoterapia)
Dr. Gustavo Guedes Vaz Sampaio (neurologista)

Dra. Marilena Fernandes do Nascimento (terapeuta ocupacional)

PARCERIAS INTERNACIONAIS:   
Strathclyde University, Glasgow, Reino Unido

European harmonizatio (Clinician’s Uniform Dataset – cUDS)

PARCERIAS NACIONAIS:
Universidade Federal do Paraná